Quando o amor chega…

Quando o amor chega…

Quando o amor chega…

O amor é um dos sentimentos mais puros existentes. Às vezes chega de mansinho como quem não quer nada, às vezes chega de forma avassaladora que derruba todas as barreiras que criou em volta do coração, tem o amor da carência que as vezes não é amor, entre outras formas…

O amor quando é verdadeiro suporta quase tudo, afinal ninguém quer ser trouxa para sempre né e nem deve ser, porque quem engana não ama de verdade… gosta é da sensação de ser o centro do universo de alguém e brinca com isso, podemos usar o famoso jargão de fazer a pessoa de gato e sapato por puro prazer e para inflar o ego.
Porém tem aquele amor mansinho, que chega devagarzinho como quem não quer nada e vai tomando conta do coração aos poucos, que quando menos espera já se alastrou por todo ser e não tem como expulsar mais e é ai que você pensa “me lasquei”, realmente se lascou e não tem nada mais a se fazer a não ser amar e amar….
Tem o amor avassalador que chega derrubando todas as barreiras que você colocou em volta do coração justamente para não ter outra decepção, não sofrer novamente… mas quando é avassalador derruba paredes, muros e molharas e não há muito o que se fazer a não ser ficar com os pés no chão por mais avassalador que seja, devemos sempre procurar a reciprocidade, a empatia do parceiro, pois amar sozinha(o) é sofrimento…
Uma dica para todo tipo de amor não saia espalhando, a inveja não dorme, pessoas maldosas não conseguem ver a felicidade alheia, pois culpam os outros pelos seus erros, desamores e frustrações da vida, guarde seu amor como se guardasse uma jóia, pois afinal o amor é a jóia mais preciosa que existe no mundo e infelizmente esta em extinção!! Se tiver amor cuide bem dele… cuide em quem confia, cuide sempre do coração e não deixe ninguém falar que não é bom o suficiente para alguém ou que não merece amor, pois se o amor esta ali é porque merece!!

Apaixone sempre, primeiramente por você todos os dias e depois pelos outros!!

**Garota sonhadora**

Envie seu comentário